Simony divulgou em suas redes comunicado nesta segunda-feira, 2, afirmando que procurou a 4ª Delegacia de Defesa da Mulher da Capital de São Paulo na sexta, 28, para denunciar Dudu Camargo por importunação sexual.

Estamos falando do caso em que o apresentador do SBT Dudu Camargo toca os peitos da cantora durante transmissão ao vivo diretamente do sambódromo Anhembi no primeiro dia de cobertura da folia, em 21 de fevereiro.

O apresentador ainda tentou dar um selinho na cantora e toco várias vezes em seu vestido, que estava ao lado de Nelson Rubens, também da Rede TV. “Que isso! Tira daqui, saia daqui!”, afirmou Simony empurrando a mão de Dudu Camargo que tocava o seio dela. “Mas, gente, esse Dudu é abusado”, continua ela. Na ponte da transmissão, a apresentadora Flávia Noronha chega a dizer “Isso é assédio” quando o artista do SBT segura a cantora.


De acordo com a nota de Simony, ela e seu advogado vão entrar com uma ação de reparação de danos morais contra Dudu Camargo. Segue nota:

“Ofensa à minha integridade moral, minha honra, minha liberdade sexual. […] Eventual indenização, além do cunho de reparação dos danos morais sofridos, terá um caráter predominantemente pedagógico, com intuito de punir, educar e conscientizar, não só o apresentador, mas também de demonstrar que determinados atos não são mais aceitos e que o corpo de qualquer pessoa deve ser respeitado, quanto mais o corpo da mulher e sua liberdade, diante de posturas masculinas que a sociedade não mais tolera.”

Além de ter sido assediada por Dudu Camargo, no segundo dia da cobertura dos bastidores do carnaval para a Rede TV, a ex-vocalista do Balão Mágico abandonou a transmissão. Mais tarde ela explicou que tomou a decisão de deixar a atração, porque estava sendo interrompida muitas vezes.