O Coletivo Bixa Pare vai levar seu bloco pela primeira vez no carnaval da cidade. Com um repertório de ações diversificadas nos campos artísticos, o coletivo decidiu jogar o bloco na rua e animar o carnaval com um grito de luta e resistência LGBTQIA+. Fundado em 2017, o coletivo vem desenvolvendo ações e trabalhos em diversas linguagens que trazem como tema questões de identidades de gênero e orientação sexual.

Para sua estreia no carnaval, o coletivo conta com performances artísticas de drags queens, djs e dois pockets shows. A concentração será comandada pela rainha do bloco a drag queen Melissa Babalu, que convidou as queens Lilly Kodak, Gervásia Bhoreal, Mustasha, Fairah Lux e a Tchaka.

“É importante para gente saber que existem muitos blocos feitos por lgbt+s na cidade, que há anos vem tornando nossos carnavais menos preconceituosos e mais conscientes. É um aprendizado grandioso para cidade. Vamos dar nosso melhor para a festa ser cada vez mais colorida” diz Luan Afonso, integrante do coletivo.


O coletivo artístico promete um esquenta do bloco, realizando uma edição do Sarau Bixaria Literária na Casa de Cultura da Vila Guilherme, no dia 22 de fevereiro a partir das 19h. O sarau que comemora 2 anos em junho, já se tornou um marco nas atividades do coletivo. “Convidamos todxs para irem fantasiados nesta edição especial de baile de carnaval” ressalta.