O Segundo Armário
O Segundo Armário (Divulgação)

O drama “O Segundo Armário” se apresenta em curta temporada no Memorial Municipal Getúlio Vargas, na Glória. Com sessões nesta terça-feira, 18 de dezembro de 2018, e nos dias 09, 16, 23 e 30 de janeiro de 2019, sempre às 19h. Com dramaturgia de Antonio de Medeiros a partir do livro “O Segundo Armário – Diário de Um Jovem Soropositivo”, a montagem narra a história de Gabriel de Souza Abreu (pseudônimo de Salvador Corrêa, autor da obra).

Tudo começa quando, em 2011, Gabriel (vivido pelo ator Hugo Caramello) recebe a notícia que mudaria a sua vida: o exame positivo para HIV-1. A partir daí, o protagonista divide com o público os momentos de desespero, aflição e tristeza, onde não consegue enxergar nada além da sua própria fragilidade e medo. A Cia Banquete Cultural – que há cinco anos traz aos palcos temas universais relevantes – aposta em uma encenação vigorosa, na qual os pensamentos e reflexões contidos no livro são expostos de maneira crua e poética a partir da direção de Jean Mendonça.

Leia:


Especialista do Queer Eye, Antoni Porowski tem foto sensual banida do Instagram

“Freddie Mercury só foi foda desse jeito por ser gay”, dispara Danilo Gentili

Do livro para o teatro

“Tive uma preocupação muito grande de mostrar a vivência do HIV neste espetáculo por um viés poucas vezes experimentado na arte: o da esperança e da possibilidade de continuação de uma vida saudável por meio do tratamento. Ao propor que o tema seja tratado de forma crua e poética, quero dizer que é através da poesia que falo da dor, para com isso ser possível a aproximação do espectador. Mas isso não impede que o fio de tensão seja esticado até seu limite máximo, para que quando for solto, a sensação de alívio seja sentida por todos e levada por onde passarem e para além do espaço cênico”, destaca Jean.

Dentre os temas levantados na peça, um deles é o medo de contar sobre o diagnóstico para os familiares e amigos. Os soropositivos ainda enfrentam o preconceito da sociedade, sobretudo quando o infectado é homossexual. Salvador Corrêa viveu com esse segredo por três anos, período em que ele classifica como o seu segundo armário, levando em consideração que o primeiro foi a sua orientação sexual.

Nesta jornada, a sua válvula de escape foi a criação do blog que mais tarde se tornaria o seu livro. Com o pseudônimo de Gabriel de Souza Abreu, ele usou a plataforma para dividir com desconhecidos as experiências de um jovem de 27 anos soropositivo: da angústia ao sentimento de esperança, mostrando que a vida continua mesmo após a descoberta de uma doença crônica. A troca com os leitores foi tão importante que, em 2014, ele assumiu publicamente a soropositividade e se tornou, desde então, um ativista da resposta à AIDS.

O Segundo Armário

“Eu tinha muito receio de contar para os meus pais, porque eu tinha medo que eles sofressem. Eu já estava em uma profunda tristeza e não queria que eles sentissem o mesmo, por conta de um vírus que ainda é associado à morte. Eu contei primeiro para minha irmã, e só depois de uns três anos que eu tive coragem de contar para os meus pais, amigos e de me assumir publicamente. E o blog foi extremamente importante nesse processo”, destaca Salvador Corrêa.

Sinopse – A história de um jovem que se descobre soropositivo. Da angústia ao sentimento de esperança, mostrando que a vida continua mesmo após a descoberta de uma doença crônica.

SERVIÇO

O Segundo Armário

Temporada: Dezembro de 2018 –   18 (Terça-feira)

Janeiro de 2019 – Dias: 09, 16, 23 e 30 (Quarta-feira)

Horário: Sempre às 19h

Classificação: 18 anos

Local: Sala Zaíra de Oliveira – Memorial Municipal Getúlio Vargas

Praça Luís de Camões, s/n, subsolo, Glória – Rio de Janeiro – RJ – ☏ (21)2205-8191

Ao lado do Metrô da Glória e pontos de ônibus e táxi

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia e lista amiga)

*Pagamento somente em dinheiro –( a Bilheteria abre 1 hora antes do espetáculo)

Reservas e mais informações pela página: https://www.facebook.com/banqueteculturalrj/

ou por e-mail: banqueteculturalproducoes@gmail.com

FICHA TÉCNICA

Atuação: Hugo Caramello

Direção: Jean Mendonça

Dramaturgia: Antonio de Medeiros

Autoria do Livro Original: Salvador Corrêa

Supervisão Vocal e Corporal: Silvana Stein

Trilha Sonora Original: Leandro Grandi

Gravação Musical: Leandro Grandi e Guto Grandi

Criação, Montagem e Operação de Luz: Felipe Lourenço

Montagem e Edição de Imagens: Jô Bittencourt

Operação de Som e Vídeos: Felipe Carvalho Fonseca

Cenografia e Indumentária: Criação Coletiva

Filmagem e Fotografia: Marcia Otto

Designer: Andrei Aguiar Patrick Orlando

Estruturação Projeto e Identidade Visual: Cristiana Giustino

Produção executiva: Joelma Di Paula e Marcia Otto

Produção e Realização: Cia Banquete Cultural