A cantora Karina Duque Estrada
A cantora Karina Duque Estrada (Foto: Divulgação)

Idealizador de projetos que valorizam mulheres acima do peso, mulheres da terceira idade, mulheres trans, mulheres que sempre foram discriminadas na mídia, no mercado de trabalho, na própria família, Eduardo Araúju promove na próxima terça-feira (13), a festa de lançamento do celebrado “Senhoras do Calendário”, que vai contar com o desfile Miss Rua, com a participação de 15 moradoras de rua, entre 20 E 25 anos, moças e trans. E ainda vai ter show da cantora Karina Duque Estrada, que participou da edição de 2014 do programa The Voice, da TV Globo.

O concurso de beleza é voltado para o público em situação de vulnerabilidade que é atendido no Centro Pop José Saramago, espaço mantido pela Prefeitura do Rio, e fará parte da edição 2019 do famoso “Senhoras do Calendário”.

O Miss Rua é uma ação que tem a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos como parceira, por meio do Projeto Circulando, que está comemorando 5 anos de serviços prestados voltados para acessibilidade cultural.


LEIA MAIS:

SP: Em noite de Duelo de Divas, público da It’s My Party escolhe setlist da festa por app

Cantoras do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira estreiam programa sobre música brasileira

A apresentação do Miss Rua no lançamento do “Senhoras do Calendário” será o ponto alto de uma série de oficinas de técnicas de andamento e postura e passarela, para uma turma de 20 alunas. Toda elas ganharão faixas de “miss”.

 “A arte sempre foi um motivo a mais para impulsionar a minha vontade de realizar sonhos! É difícil ir na contramão da moda, dos estereótipos tradicionais, rompendo barreiras do preconceito e da falta de incentivo da sociedade! Ainda remo contra a maré! Tudo bem que hoje não preciso fazer tanto esforço, pois já conseguimos, por meio da inclusão e da diversidade, dar visibilidade a quem era invisível. Em 36 anos ligados à vida artística, foram muitos projetos: Miss Plus Size Nacional, Curso de Modelos e Manequins para Maturidade e Plus Size, Senhoras do Calendário e agora o Miss Rua, em que o essencial não é a beleza exterior padronizada, mas a beleza da alma, do acolhimento e da igualdade. No Miss Rua, são jovens de 20 a 25 anos  – mulheres e trans -, que terão a oportunidade de sentirem a emoção de serem aplaudidas por suas histórias na busca de olhares mais fraternos. Que eu consiga contribuir, mais uma vez, para a construção de uma sociedade mais inclusiva e acolhedora!”, afirmou Araúju.

Sobre o Senhoras do Calendário 2019

O projeto, que se inspirou no filme inglês “Garotas do calendário”, foi criado por Eduardo Araúju em 2006. A proposta é – além de valorizar mulheres na terceira idade – arrecadar fundos para instituições que atuem no apoio a pessoas com dificuldades em diversos segmentos, como crianças, idosos, carentes, vulneráveis e dependentes químicos.

A cada ano, é escolhido um tema. Para 2019, foi escolhido “O planeta”, com objetivo de lembrar sobre atitudes simples que cada um pode adotar sem nenhum esforço para preservar a natureza.

Nas fotos do calendário de 2019, estão 14 mulheres com mais de 60anos.  Para cada mês do ano, é proposta uma atitude para cuidar do meio ambiente e deixar um planeta melhor para as próximas gerações.

SERVIÇO:  

5 ANOS DO PROJETO CIRCULANDO COM O LANÇAMENTO DO PROJETO SENHORAS DO CALENDÁRIO 2019 E CONCURSO MISS RUA COM EDUARDO ARAÚJU

Data: 13 de novembro

Local: Centro Cultural João Nogueira, o  Imperator

Horário: Das 13h30 às 17h30

Entrada franca

Show com  a cantora Karina Duque Estrada, que participou da edição de 2014 do programa The Voice, da TV Globo.