Com mais de 20 horas de música, Savage Festival aconteceu neste fim de semana (Foto: Gustavo Bresciani/Divulgação)

A chuva não impediu o sucesso da segunda edição do Savage Festival. A festa, que começou no sábado (13), teve 20 horas de música eletrônica em meio à natureza no Hode Luã Resort, em Guaratiba. O público lotou o espaço e curtiu o show da cantora Lorena Simpson, que homenageou Marielle Franco, colocando no telão a foto da vereadora assassinada em março, no Rio de Janeiro. O festival também foi marcado pelo apoio à manifestação #EleNão.

Além de Lorena, comandaram as pistas os DJs Gustavo Viana, Ale Valle, Wendell Hollanda, Edson Pride, Erik Vilar, Allison Nunes (SP), os cariocas Júlio Doutor e Eduardo Brava, e o residente Ennzo Dias.

LEIA MAIS:


Gretchen é coroada madrinha de festival em combate à Aids em São Paulo

“Um dos desafios mais assustadores da minha vida”, afirma Rami Malek sobre filme da vida de Freddie Mercury

O Savage Festival uniu as festas Revolution e The Original Brazilian Pool Party, BIGGER Party, pela primeira vez no Rio de Janeiro, e a festa BARBADO, famosas entre o público LGBT. A produtora Rosane Amaral, empresária que realiza festas há 20 anos, já prepara novidades para as festas do próximo verão.