Mostra Todos os Gêneros
Mostra Todos os Gêneros (Foto: Divulgação)

A contradição da atual situação que ronda a comunidade LGBT, que apesar de ter cada vez mais representatividade na mídia com nomes como Pabllo Vittar, Aretuza Lovi e Linn da Quebrada, também apresenta os maiores números em vítimas de violência é o tema da mostra Todos os Gêneros, que estreou a sua 5ª edição, nesta quinta-feira (10), no Itaú Cultural, em São Paulo.

O evento acontece até o domingo (20) e conta com uma programação com debates, peças, performances, shows, musicais e festas. Entre as performances está o espetáculo L’O Musical (sábado, 12 e domingo, 20) protagonizado por Elisa Lucinda e shows dos artistas Almério (sexta,18) e Luis Capucho (sábado, 19).

De acordo com a curadora do evento Galiana Brasil, gerente do Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, o evento espera dialogar com a comunidade. “A tentativa é de jogar luz. A sociedade ideal não precisaria nominar as coisas, mas, já que é preciso, nossa tentativa é de jogar luz a partir de uma abordagem pedagógica, baseada em provocações”, afirmou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.


LEIA MAIS:

Cinema no Rio lança sessões dedicadas especialmente a filmes LGBT

Amores Instatâneos: Mostra no Rio brinca com fotos antigas e frases de sites de relacionamento

A mostra ainda irá debater entre os seus principais temas a soropositividade e a importância de se manter informado que o diagnóstico do vírus HIV não representa uma sentença de morte. “Queremos chamar o foco para o HIV e para a produção artística da geração pós-coquetel. Tem muitos artistas se manifestando, alguns até se declarando portadores, como ação política; são pessoas que estão saudáveis e produzindo.”

Todas as atrações da exposição Todos os Gêneros são inteiramente gratuitas, porém para algumas das atrações é necessário que se retire os ingressos antes, com cerca de uma hora de antecedência da realização do evento.

Confira a programação:

Todos os Gêneros: Mostra de Arte e Diversidade

Programação de cênicas

Dia 10 (quinta-feira), 20h

Cura

Com Micaela Cyrino

Duração: 20 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

Saguão de entrada e Sala Itaú Cultural (224 lugares)

Interpretação em Libras

Dias 11 e 12 (sexta-feira e sábado), 20h

Lembro Todo Dia de Você

Com Núcleo Experimental

Duração: 120 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

Sala Itaú Cultural (224 lugares)

Interpretação em Libras

Dia 13 (domingo), 19h

Desmesura

Com Coletivo Teatro Kunyn 

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: 18 anos

Sala Itaú Cultural (224 lugares)

Interpretação em Libras

Dia 16 (quarta-feira), 20h

O Bebê De Tarlatana Rosa

Com GrupoRainha Kong

Duração: 50 minutos

Classificação Indicativa: 16 Anos

Sala Multiúso (60 lugares)

Interpretação em Libras

Dia 17 (quinta-feira), 19h

Sangue

Com Flip Couto

Duração: 30 minutos

Classificação Indicativa: 18 anos

Sala Multiúso (100 lugares)

Interpretação em Libras

Dias 19 (sábado, às 20h) e 20 (domingo, às 19h)

L, O Musical

Direção de Sérgio Maggio

Duração: 110 minutos

Classificação indicativa: 16 anos

Sala Itaú Cultural (224 lugares)

Interpretação em Libras

Dia 19 (sábado), 23h

Cabaré Todos os Gêneros

No Teatro de Contêiner Mungunzá

Rua dos Gusmões, 43

Classificação indicativa: 18 anos

Dia 20 (domingo), 15h

Encontro com o espectador – Edição Todos os Gêneros

Teatrojornal e L, O Musical

Duração: 120 minutos

Classificação Indicativa: 14 anos

Sala Vermelha (70 lugares)

Interpretação em Libras

DEIXE UMA RESPOSTA