Peça que retrata romance lésbico nos anos 1920 reestreia em SP com temporada gratuita

Espetáculo Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo
Espetáculo Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo (Foto: Leticia Pinto/Divulgação)

O espetáculo “Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo” está de volta aos palcos de São Paulo, a partir da próxima segunda-feira (06). A peça conta a história de um dos casais lésbicos mais famosos do universo das artes, entre a poetisa Gertrude Stein e a cozinheira e escritora Alice B. Toklas.

As personagens viveram em Paris entre os anos de 1920 e 1930. Nesta época, as amantes recebiam em sua casa ilustres artistas e críticos de arte, que representava a nata intelectual da população francesa da época, como os pintores Pablo Picasso, Henri Matisse e Georges Braques para um debate sobre estética e arte.

Judias e homossexuais, as duas decidiram não pedir exílio aos Estados Unidos, na época da 2ª Guerra Mundial, preferindo se instalar em uma casa de campo de Gertrude na França. Um ano após o combate, a poetisa foi acometida por um câncer, que a levou a morte em 1946.


Leia Mais:

Espetáculo Alair encerra temporada em São Paulo neste final de semana

Peça Meninos Também Amam é destaque no Festival Satyarianas

Inspirada nos livros The Alice B. Toklias Cookbook e A Autobiografia de Alice B. Toklias, o monólogo traz uma dramaturgia fragmentada, assim como a poesia de Gertrude, passando por diferentes tempos e espaços da vida das duas, através da narração de cartas, poesias e receitas culinárias de Alice.

Estrelada por Nicole Cordey, com direção de Malú Bazán e dramaturgia de Marina Corazza, o espetáculo faz todas as suas apresentações gratuitas, todas as segundas-feiras de novembro, na Biblioteca Mario Andrade, em São Paulo.

Serviço:

Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo

Quando: Todas as segundas-feiras de novembro, a partir do dia 06.
Onde: Rua da Consolação, 94, Consolação.
Horário: 19h
Valor: Gratuito


DEIXE UMA RESPOSTA