Arraiá das Divas realiza a primeira festa junina LGBT do Distrito Federal

A cantora trans Mc Linn da Quebrada
A cantora trans Mc Linn da Quebrada (Foto: Reprodução)

Marcado para 8 de julho, a primeira festa junina LGBT da cidade vai ser em clima de festival. Durante 12 horas de agito, mais de 10 atrações ocupam o palco do Arraía das Divas, no Museu Nacional (Eixo Monumental). Entre os nomes confirmados, estão as funkeiras MC Carol, MC Trans e MC Linn da Quebrada.

Além da música, a programação inclui correio elegante, brincadeiras, pescarias e quadrilha, onde o par está liberado e toda forma de amor é válida. O Arraiá das Divas vem na sequência da Parada do Orgulho LGBT de Brasília, que acontece neste do domingo (25/6).

Na festa, o colorido ultrapassa as bandeirinhas, o objetivo é dar espaço à comunidade LGBT: vale dançar homem com mulher, homem com homem e mulher com mulher. No palco, músicos, dançarinos e DJs vão ressaltar a tolerância. O setlist conta com músicas dos anos 1980, pop, eletrônica, brega, forró e MPB. Nas picapes, os DJs Mike, Bruno Antun, Sapo, Rosa Luz e as irmãs Isabella e Rafaella Ferrugem (Telma & Selma) comandam o som.
MC Trans toca sucesso como “Eu Não Sou Obrigada” e “Lacração”. Uma atração do Distrito Federal, Filipe Fiákra também está confirmado, assim como o coletivo Afrobixas. Além deles, um concurso de drag queens (Lip Sync Drag) oferece R$ 500 para a melhor performance. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 19 de junho na página do evento no Facebook.


SERVIÇO
Dia 8 de julho (sábado), das 14h às 2h, na área externa do Museu Nacional da República (Eixo Monumental). Ingressos a R$ 25, antecipados pelo site; R$ 35, na hora. Valores referentes à meia-entrada. Não recomendado para menores de 18 anos.


DEIXE UMA RESPOSTA